quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Errei, e Agora?

Hoje vou responder a estas perguntas (que me fazem recorrentemente):

1-"O que eu faço se eu errar ao passar a limpo a minha redação? "

2- "Posso usar corretivo líquido no texto, se eu errar?"

3- "Se eu errar uma palavra, posso colocá-la entre parênteses para indicar que eu me enganei?"


Pois bem: são perguntas diferentes, mas todas demonstram que os alunos querem saber qual é o procedimento correto caso cometam algum erro no texto definitivo (aquela versão que será apresentada para correção).

A resposta é bem simples: se acontecer de você errar uma palavra, ou mesmo um trecho, simplesmente passe um traço sobre o conteúdo errado e reescreva na frente a forma correta. Veja os exemplos:

a) "A caza casa era grande".

b) "As ideias eram muito boas foram bem elaboradas e, porisso, por isso, mereceram elogios".

Hipoteticamente, imagine que os produtores das passagens acima tenham querido mudar uma ideia (caso b) ou tenham se dado conta de que haviam cometido um erro de escrita (caso a e também b). A única coisa que eles precisam fazer é colocar um risco sobre a palavra ou trecho que deve ser desconsiderado e escrever na sequência a forma correta. Só isso!

Não é necessário rasurar o texto com rabiscos e borrões na tentativa de esconder o erro. Os corretores não levarão em conta o trecho que foi riscado: eles entendem que "errar é humano", como diz o pensamento popular!

Alguns acham (e já ouvi dizer que há quem ensine esta bobagem...) que devemos apenas colocar a palavra errada ou o trecho abandonado entre parênteses, para indicar que ele deve ser desconsiderado... Ora: uma das funções dos parênteses é acrescentar ideias, e não suprimi-las. Colocar o trecho descartável entre parênteses pode gerar sérios problemas de sentido ao texto!

Para finalizar, quero ressaltar que o uso de corretivos é proibido nas provas (pelo menos na maioria delas).

Sinta-se livre para corrigir o texto com elegância e limpeza!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Postar um comentário